sábado, 10 de agosto de 2013

Livro que li: Toda Sua - Série Crossfire

Hoje falarei do livro Toda Sua, que é o primeiro livro da série CROSSFIRE, que conta a história de Gideon Cross e de Eva Tramell . Lembrando que o livro é para adultos hein?!



Eva tem 24 anos e acaba de conseguir emprego em uma das maiores agências de publicidade do país localizada no edifício Crossfire, e ela se muda para Manhantan junto com o seu melhor amigo Cary, que é modelo e bissexual (os dois se conheceram enquanto estavam se tratando e se consideram como irmãos).

Antes do primeiro dia de trabalho, Eva decide conhecer o local e cronometrar da sua casa até o trabalho, quando ela chega ao Crossfire, ao ajudar uma mulher ela conhece Gideon e no mesmo instante ela fica interessada nele (e mesmo sem que ela saiba ele também se interessa), pois consegue sentir a sua sensualidade, porém eles não se apresentam, apenas ele devolve o crachá dela.

Para quem acha que a autora iria enrolar antes de mostrar a interação entre o casal principal, se enganou, antes de 30 páginas do livro acontece de Gideon informar que quer se relacionar com Eva, mas de um modo impessoal, ela informa que não quer namorar mas que primeiro tem que conhecer os homens com quem se envolve.



A partir daí as coisas esquentam, pretendo não revelar spoilers, então vou falar um pouco do livro sem que pareça um resumo.




Adorei a escrita de Sylvia Day que é bem inteligente, cativante, ela conseguiu fazer uma história muito bem escrita e envolvente, onde mesmo Gideon sendo um bilionário ele não utiliza disso como arma pra seduzir Eva, e muito menos ela busca o dinheiro dele, uma vez que ela também tem dinheiro.

Os dois são bem problemáticos, Eva sofreu abusos na infância, e Gideon tem pesadelos horríveis e um mal relacionamento com a família, além disso a autora também aborda o tema da homossexualidade (onde o chefe de Eva é gay e está em um relacionamento sólido, e Cary é bissexual, porém ele ainda não conseguiu um relacionamento de verdade por causa de seus problemas no passado.

Mesmo sendo uma obra baseada em 50 Tons de Cinza (a autora assumiu que usou 50 Tons como inspiração), eu concordo com algumas críticas que Sylvia superou e criou uma história muito mais inteligente, adulta e bem escrita (eu gostei de 50 Tons de Cinza mas sou obrigada a dizer que a escrita é fraca e tem passagens muito infantis), com personagens que tentam superar problemas juntos e que sabem o que querem. Ao contrário de Anastasia, Eva é uma mulher bem decidida e experiente. Christian Grey comparado a Gideon Cross é um menino, em todos os aspectos.

Como é um romance erótico, há cenas bem quentes e também há um vocabulário chulo, porém, como a autora soube escrever bem e soube formar uma história envolvente, o leitor acaba se acostumando e até mesmo nem se choca mais com as palavras utilizadas em determinados momentos. É um livro que recomendo bastante para quem curte essa onda erótica, aliás, livro não, a série!!!! kkkkkkk

Prometo fazer uma resenha sobre Profundamente Sua, segundo livro da série Crossfire!! (Assim que eu tiver tempo eu faço!! :P)

Nenhum comentário:

Postar um comentário